Idosa violentamente agredida continua internada no Hospital de Emergência



RESENDE


Até o fechamento desta edição, continuava internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, no bairro Jardim Jalisco, a poetisa Maria Amélia Alves, 79 anos. Ela foi violentamente agredida em sua casa localizada no bairro Santa Cecília, na madrugada desta quarta-feira. Maria Amélia só foi encontrada desacordada, no início da manhã, por uma amiga que foi até sua residência para visitá-la. De Acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, o estado de saúde de Maria Amélia é instável. Ela teve traumatismo craniano, ferimentos no rosto e um corte profundo em uma das orelhas.  O caso está sendo investigado pela 89ª Delegacia Legal de Polícia Civil (RESENDE).

O crime foi registrado na Delegacia por uma amiga da poetisa, cujo novo não foi revelado. Ela contou que por volta das 9h30min foi até a residência da vítima, situada em um beco, na Travessa Felipe dos Santos, quando encontrou Maria Amélia desacordada e toda ensanguentada. “Fui na casa de Maria Amélia e a chamei por várias vezes. Como ela não atendeu, fiquei preocupada porque ela mora sozinha. Ao entrar na varanda percebi a porta entreaberta e entrei. Fui surpreendida com minha amiga caída na sala principal muito ferida e toda cheia de sangue. Pedia ajuda para os vizinhos e chamei a Polícia”, contou a mulher, informando ainda que perguntou para a vizinhança se viram algum movimento na casa da poetisa. “Vizinhos contaram apenas que por volta da meia noite escutaram um barulho muito forte vindo de sua casa”, completou.

A vítima foi socorrida por uma ambulância e encaminha para o Hospital de Emergência. Maria Segundo a Assessoria da Prefeitura, Maria Amélia, passou, no período da tarde, por um exame de tomografia que detectou o traumatismo craniano. “O estado de saúde é instável. A paciente está muito fragilizada. Também devido a idade avançada, os médicos optaram por deixá-la em observação no CTI”, informou um dos assessores.


O caso foi registrado na Delegacia como lesão corporal. A Polícia já iniciou a investigação para descobrir quem agrediu Maria Amélia. “Estamos apurando se a vítima foi agredida durante um assalto. A princípio uma testemunha contou que encontrou a gaveta de um armário, onde a vítima guardava dinheiro aberta. No entanto, não soube informar se algo foi levado da residência da idosa”, disse um dos agentes da Polícia Civil.

Fonte: A Voz da Cidade

Gabi Eleutério participa das gravações do longa-metragem Estação Rock

A atriz e modelo  Gabi Eleutério   integra o filme   Estação Rock , produzido por   Pablo Loureiros , diretor/produtor/roteirista da   An...