Padrasto filmado abusando da enteada de 12 anos é preso em Ipameri, em Goiás

Mãe desconfiou do comportamento dele, escondeu celular e gravou crime. Homem tem 61 anos; família morava em Aparecida de Goiânia.

Foto: reprodução TV/Anhanguera

O padrasto denunciado por abusar da enteada de 12 anos em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital, foi preso nesta quarta-feira (14). Ele, que tem 61 anos, foi localizado em Ipameri, cidade a 206 km de distância. O caso veio à tona depois de a mãe da menina desconfiar do comportamento dele, esconder o celular em um cômodo da casa onde a família morava e gravar o crime.A delegada de Proteção à Criança e ao Adolescente de Aparecida de Goiânia, Caroline Borges, disse, por volta de 11h desta quinta (15), que aguardava a chegada do idoso à cidade para poder comentar o caso. A prisão contou com apoio de policiais militares.

A denúncia

Em entrevista à TV Globo, a delegada Ilda Helbingen – que atendeu à mãe da vítima na hora da denúncia – disse que a desconfiança surgiu porque o padrasto tentava “agradar muito” a adolescente. Ele não tinha o mesmo comportamento com os outros três filhos da mulher. Todos são de um relacionamento anterior. 

Fonte: G1 Goiás

Websérie “Desatando Nós” retrata os diferentes tipos de relacionamentos

Profissionais da região Sul Fluminense fazem parte do projeto A diversidade de relacionamentos conjugais no mundo contemporâneo e t...